Newsletter

Cadastre seu e-mail e fique por dentro sobre vagas de emprego, informativos de mercado, opiniões e artigos técnicos.
Enviar
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso.
COTAÇÕES

BOVESPA

  • Variação

    Pontos

  • 20/09/2017 10h00
    Yahoo

DÓLAR COMERCIAL

  • Variação

    Valor

  • 0,1%

    R$ 3,133

  • 20/09/2017 10h00
    UOL

AÇÚCAR INTERNACIONAL

  • Variação

    Valor

  • 1.53%

    14.59 USd/lb.

  • 20/09/2017 10h00
    Bloomberg

AÇÚCAR CRISTAL

  • Variação

    Valor

  • 0,17%

    R$ 52,42

  • 20/09/2017 10h00
    CEPEA

ETANOL HIDRATADO

  • Variação

    Valor

  • 0,55%

    R$ 1,4355/L

  • 20/09/2017 10h00
    CEPEA

ETANOL ANIDRO

  • Variação

    Valor

  • 1,97%

    R$ 1,5837/L

  • 20/09/2017 10h00
    CEPEA

Alta do dólar incentiva exportação de etanol do país

 

As exportações de etanol se mantêm em patamares elevados nesta primeira semana de mês. O volume repete o de julho e fica em 9 milhões de litros por dia útil.

Ao registrar esse volume, as vendas externas do combustível têm boa evolução em relação aos 3,7 milhões de litros por dia útil em agosto do ano passado, conforme dados da Secex (Secretaria de Comércio Exterior).

As exportações de julho apontaram uma forte reversão do movimento de baixa que vinha ocorrendo desde o início da safra, segundo Julio Maria Borges, sócio-diretor da JOB Economia e Planejamento.

Essa evolução das exportações mostra que o setor incorporou os efeitos positivos da desvalorização cambial.

"O nosso etanol, seja ele para uso como combustível ou para outros fins, ficou barato em dólares, o que estimulou as exportações."

Borges destaca que o preço médio da exportação de etanol no período de abril a julho de 2014 foi de US$ 673 por metro cúbico. O dólar médio foi de R$ 2,33 naquele período.

Já nos meses de abril a julho deste ano, o preço do etanol exportado foi menor, ficando em US$ 489 por metro cúbico. Nesse mesmo período, o dólar médio foi de R$ 3,10.

Borges destaca, ainda, que em reais não houve variação relevante nos preços de exportação.

Neste início de agosto, o etanol exportado foi negociado a US$ 445 por metro cúbico, bem inferior dos US$ 632 do mesmo mês do ano passado.

Apesar da queda nos preços, as receitas devem atingir US$ 84 milhões neste mês, acima dos US$ 78 milhões de agosto de 2014.

Texto publicado na coluna Vaivém das Commodities.

Mauro Zafalon

Fonte: Folha de S. Paulo