Sermasa Equipamentos Industriais

Newsletter

Cadastre seu e-mail e fique por dentro sobre vagas de emprego, informativos de mercado, opiniões e artigos técnicos.
Enviar
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso.
Carregando

COTAÇÕES

BOVESPA

  • Variação

    Pontos

  • 78.781,84

  • 24/09/2018 12h00
    Yahoo

DÓLAR COMERCIAL

  • Variação

    Valor

  • 24/09/2018 12h00

AÇÚCAR CRISTAL

  • Variação

    Valor

  • 12,08%

    R$ 62,17

  • 24/09/2018 12h00
    CEPEA

ETANOL HIDRATADO

  • Variação

    Valor

  • 1,25%

    R$ 1,6848/L

  • 24/09/2018 12h00
    CEPEA

ETANOL ANIDRO

  • Variação

    Valor

  • 0,10%

    R$ 1,8335/L

  • 24/09/2018 12h00
    CEPEA

Alta do PIB de 2018 cai de 2,90% para 2,87% na projeção do Focus.

 

 
Brasília – O mercado financeiro reduziu ligeiramente suas projeções para o Produto Interno Bruto (PIB) em 2018. A expectativa de alta para o PIB este ano oscilou ligeiramente, de 2,90% para 2,87% no relatório Focus divulgado nesta segunda-feira, 12.
 
Há um mês, a perspectiva estava em 2,70%. Para 2019, o mercado manteve a previsão de alta do PIB de 3,00% pela sexta semana consecutiva.
 
No relatório Focus agora divulgado, a projeção para a produção industrial de 2018 subiu pela sétima semana seguida, de 3,90% para alta de 3,97%. Há um mês, estava em 3,50%.
 
No caso de 2019, a estimativa de crescimento da produção industrial avançou de 3,35% para 3,50% ante 3,08% de quatro semanas antes.
 
No Focus desta segunda, a projeção para o indicador que mede a relação entre a dívida líquida do setor público e o PIB para 2018 caiu marginalmente, de 55,10% para 55%.
 
Há um mês, estava em 55,50%. Para 2019, a expectativa no boletim Focus recuou ligeiramente, de 57,70% para 57,60% ante 57,90% de um mês atrás.
 
Balança comercial
Os economistas do mercado financeiro elevaram novamente as projeções para a balança comercial em 2018. A estimativa de superávit comercial este ano subiu de US$ 54,50 bilhões para US$ 55,00 bilhões na segunda alta seguida.
 
Um mês atrás, a previsão estava em US$ 54,50 bilhões. Para 2019, a estimativa de superávit seguiu em US$ 45,00 bilhões, mesmo valor de um mês antes.
 
Na estimativa mais recente do BC, atualizada na Nota do Setor Externo divulgada em dezembro, o saldo positivo de 2018 ficará em US$ 59,0 bilhões.
 
No caso da conta corrente, as previsões contidas no Focus para 2018 aumentaram ligeiramente, de déficit de US$ 26,10 bilhões para saldo negativo de US$ 26,60 bilhões, mesmo patamar previsto quatro semanas antes.
 
Para 2019, a projeção de rombo aumentou, de US$ 38,50 bilhões para US$ 39,25 bilhões. Um mês atrás, o rombo projetado no próximo ano era de US$ 38,50 bilhões.
 
Para os analistas consultados semanalmente pelo BC, o ingresso de Investimento Direto no País (IDP) será mais do que suficiente para cobrir o resultado deficitário, tanto em 2018 quanto em 2019.
 
A mediana das previsões para o IDP em 2018 e 2019 seguiu em US$ 80,00 bilhões. A previsão é repetida pela 20ª semana no cenário para este ano e pela 23ª vez no quadro para o próximo ano.
 
 
 
 
Fonte: exame
 
 
Fonte: exame