Newsletter

Cadastre seu e-mail e fique por dentro sobre vagas de emprego, informativos de mercado, opiniões e artigos técnicos.
Enviar
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso.
COTAÇÕES

BOVESPA

  • Variação

    Pontos

  • 19/09/2017 22h00
    Yahoo

DÓLAR COMERCIAL

  • Variação

    Valor

  • 0,02%

    R$ 3,136

  • 19/09/2017 22h00
    UOL

AÇÚCAR INTERNACIONAL

  • Variação

    Valor

  • 3.69%

    14.37 USd/lb.

  • 19/09/2017 22h00
    Bloomberg

AÇÚCAR CRISTAL

  • Variação

    Valor

  • 0,17%

    R$ 52,42

  • 19/09/2017 22h00
    CEPEA

ETANOL HIDRATADO

  • Variação

    Valor

  • 0,55%

    R$ 1,4355/L

  • 19/09/2017 22h00
    CEPEA

ETANOL ANIDRO

  • Variação

    Valor

  • 1,97%

    R$ 1,5837/L

  • 19/09/2017 22h00
    CEPEA

Chuvas derrubam moagem de cana no início de junho; CS teve queda de 20% comparado com maio

 

As chuvas do início do mês de junho concretizaram as perspectivas dos analistas de que afetariam, sobremaneira, na quantidade de cana-de-açúcar a ser processada neste período. O relatório quinzenal de safra divulgado hoje (1º) pela Unica - União da Indústria de Cana-de-Açúcar - apontou que nos primeiros 15 dias de junho, a moagem de cana-de-açúcar no Centro-Sul alcançou 25,83 milhões de toneladas de cana.

O número da primeira quinzena de junho é 34,88% menor quando comparado com o mesmo período de 2015. Também é inferior à última quinzena de maio, quando a moagem atingiu 32,35 milhões de toneladas, queda de 20,18%. De acordo com a entidade, espera-se uma recuperação da moagem na segunda quinzena de junho.

Segundo a análise da Unica "a variação na moagem entre as regiões canavieiras foi bastante heterogênea na primeira metade de junho em relação aos últimos 15 dias de maio". O estado de São Paulo teve o maior recuo, principalmente nas macrorregiões de Araçatuba, São José do Rio Preto e Ribeirão Preto, vistas como grandes produtoras.

"Minas Gerais e Goiás também enfrentaram semelhante retração na quantidade moída, mas proporcionalmente menor àquela verificada em São Paulo. Em sentido contrário, Paraná e Mato Grosso do Sul expandiram o volume processado de cana no período", aponta ainda o relatório.

De acordo com o relatório, 269 unidades operaram no Centro-Sul nestes 15 dias. A quantidade é a mesma em relação ao mesmo período de 2015. Sete empresas iniciaram a safra agora em junho e para a próxima quinzena, mais cinco devem entrar em atividade.


Açúcar e etanol

Com a redução da moagem, a produção de açúcar e etanol também caiu. A commodity teve queda de produção bem maior que a do biocombustível. Foram produzidas somente 1,2 milhão de toneladas, um número quase 40% inferior às 1,98 milhão de toneladas produzidas na mesma data da safra 2015/2016.

Já o etanol teve recuo de 35,73% sobre o resultado de 2015. O biocombustível registrou volume de 1,07 bilhão de litros, sendo 637 milhões de litros de etanol hidratado e 437 milhões de litros de etanol anidro, na primeira quinzena de junho.


Acumulado

No acumulado de 1º de abril até 16 de junho, a moagem no Centro-Sul cresceu 11,88%, totalizando 166.714 milhões de toneladas processadas. A produção de açúcar ficou em 8,18 milhões de toneladas, etanol anidro em 2,59 bilhões de litros e 4,32 bilhões de litros de etanol hidratado.

 

Fonte: Agência UDOP de Notícias