Newsletter

Cadastre seu e-mail e fique por dentro sobre vagas de emprego, informativos de mercado, opiniões e artigos técnicos.
Enviar
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso.
COTAÇÕES

BOVESPA

  • Variação

    Pontos

  • +1,28%

    73.437,28

  • 18/11/2017 22h00
    Yahoo

DÓLAR COMERCIAL

  • Variação

    Valor

  • 0,56%

    R$ 3,261

  • 18/11/2017 22h00
    UOL

AÇÚCAR CRISTAL

  • Variação

    Valor

  • 12,99%

    R$ 65,40

  • 18/11/2017 22h00
    CEPEA

ETANOL HIDRATADO

  • Variação

    Valor

  • 3,21%

    R$ 1,6769/L

  • 18/11/2017 22h00
    CEPEA

ETANOL ANIDRO

  • Variação

    Valor

  • 2,69%

    R$ 1,8286/L

  • 18/11/2017 22h00
    CEPEA

Data para nova mistura de etanol pode sair este mês

 

São Paulo - O presidente do Fórum Nacional Sucroenergético, André Rocha, confirmou nesta segunda-feira, 01, que o aumento da mistura de etanol anidro na gasolina deverá entrar em vigor em fevereiro, como havia adiantado mais cedo ao Broadcast o presidente da Associação dos Produtores de Álcool e Açúcar do Paraná (Alcopar), Miguel Rubens Tranin.

Segundo Rocha, o anúncio deverá ser feito ainda neste mês, para que todas as contratações de biocombustível, necessárias para atender ao aumento de demanda, sejam feitas com tempo hábil.

O mais provável, segundo ele, é que o anúncio da data ocorra no dia 12 de dezembro, quando será realizada nova reunião da Mesa Tripartite, coordenada pelo Ministério de Minas e Energia (MME) e que reúne integrantes do governo, de distribuidores de combustíveis e da cadeia produtiva de açúcar e álcool.

Nesta data, o governo terá em mãos os números fechados de produção de etanol referentes à safra deste ano no Centro-Sul do país.

Em termos práticos, o processamento terminou ontem na região, que começa agora a entressafra, até março.

De acordo com Rocha, se o governo achar que os números ainda não oferecem garantias de abastecimento, poderá adiar o anúncio.

Amanhã, representantes do setor sucroenergético, incluindo o próprio presidente do Fórum Nacional, se encontrarão com o ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, no período da tarde, para discutir a questão.

Rocha não descarta que Mercadante informe amanhã a data em que o porcentual de anidro na gasolina passará de 25% para 27,5%.

A escolha por fevereiro para implementar o aumento da mistura é estratégica porque algumas usinas já estarão processando a próxima safra.

A retomada da produção reduz eventual risco de desabastecimento de anidro para atender à demanda adicional.

Fonte: José Roberto Gomes, do Estadão Conteúdo