Newsletter

Cadastre seu e-mail e fique por dentro sobre vagas de emprego, informativos de mercado, opiniões e artigos técnicos.
Enviar
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso.
COTAÇÕES

BOVESPA

  • Variação

    Pontos

  • +1,28%

    73.437,28

  • 18/11/2017 22h00
    Yahoo

DÓLAR COMERCIAL

  • Variação

    Valor

  • 0,56%

    R$ 3,261

  • 18/11/2017 22h00
    UOL

AÇÚCAR CRISTAL

  • Variação

    Valor

  • 12,99%

    R$ 65,40

  • 18/11/2017 22h00
    CEPEA

ETANOL HIDRATADO

  • Variação

    Valor

  • 3,21%

    R$ 1,6769/L

  • 18/11/2017 22h00
    CEPEA

ETANOL ANIDRO

  • Variação

    Valor

  • 2,69%

    R$ 1,8286/L

  • 18/11/2017 22h00
    CEPEA

Eleições: Aécio Neves fala em resgatar etanol

 

Dos três principais candidatos à presidência da República, Aécio Neves (PSDB), é o que mais tem falado em propostas para recuperar o ‘setor de etanol’. Fechando a série com o perfil do trio, o JornalCana apresenta um resumo do que o tucano tem prometido.

Durante o Prêmio Top Etanol, realizado pela Unica — União da Indústria de Cana-de-Açúcar, em junho, Aécio disse. “O setor de etanol, construído ao longo de 40 anos pelo esforço, dedicação e pela pesquisa de inúmeros brasileiros, foi abandonado pelo atual governo, que optou ir na contramão do mundo, que busca energia alternativas, não poluentes e renováveis. O setor vive um impasse e precisa de uma resposta”, afirmou Aécio Neves.

O senador afirmou ser necessário um marco legal estável, com regras de longo prazo confiáveis, de uma proposta clara por parte do governo de aumento da participação do etanol na matriz energética, além de uma política ousada de comércio exterior. “Podemos ser exportadores de etanol. Isso impacta positivamente na balança comercial, além de gerar empregos. Temos que discutir a questões de preços. O Brasil é o único país do mundo que vai na contramão da sensatez, porque subsidiamos combustíveis fósseis, quando temos uma matriz energética extraordinária”, afirma.

Em sua campanha, tem defendido o agronegócio dizendo que hoje é o setor da economia que mais tem ajudado o Brasil a avançar. Ele, que já foi governador de Minas Gerais, Deputado Estatual e Senador, está em terceiro lugar nas pesquisas de intenção de votos.

Fonte: Jornal Cana - André Ricci