Newsletter

Cadastre seu e-mail e fique por dentro sobre vagas de emprego, informativos de mercado, opiniões e artigos técnicos.
Enviar
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso.
COTAÇÕES

BOVESPA

  • Variação

    Pontos

  • 78.897,66

  • 26/05/2018 00h00
    Yahoo

DÓLAR COMERCIAL

  • Variação

    Valor

  • 0,55%

    R$ 3,668

  • 26/05/2018 00h00
    UOL

AÇÚCAR CRISTAL

  • Variação

    Valor

  • 1,23%

    R$ 54,43

  • 26/05/2018 00h00
    CEPEA

ETANOL HIDRATADO

  • Variação

    Valor

  • 1,69%

    R$ 1,6484/L

  • 26/05/2018 00h00
    CEPEA

ETANOL ANIDRO

  • Variação

    Valor

  • 3,04%

    R$ 1,7950/L

  • 26/05/2018 00h00
    CEPEA

Energisa e Rede concluem venda de Tangará para a Brookfield

 

São Paulo - A Energisa e a Rede Energia informaram nesta quarta-feira terem concluído venda de ativos de energia por 430 milhões de reais para a Turmalina Energética, controlada indireta da Brookfield Renewable Energy Partners.

A operação envolveu a venda pela Rede de pelo menos 95,23 por cento do capital social da Tangará Energia para a Turmalina Energética, segundo fato relevante.

Do total de 430 milhões de reais, 250,1 milhões de reais foram transferência de dívidas, 171,3 milhões recebidos nesta quarta-feira via ações e 8,6 milhões de reais por ações vinculadas ao direito de preferência.

Ainda serão alienados 4,77 por cento remanescentes do capital social da Tangará Energia após prazo de 30 dias contados a partir desta quarta-feira para manifestação pelos acionistas minoritários da Rede do interesse em exercer o direito de preferência na aquisição dos papéis da Tanguará.

"Essa transação, em conjunto com a alienação dos demais ativos de geração (...), permitirá ao grupo Energisa reforçar sua estrutura de capital, reduzindo de forma relevante sua alavancagem, após o esforço relacionado à aquisição do grupo Rede", disse a companhia.

A Rede Energia está em recuperação judicial. A Energisa e a Rede Energia haviam anunciado em novembro de 2014 a venda de uma série de ativos, por 1,4 bilhão de reais, para a Brookfield Renewable Energy Partners, da qual faz parte a operação envolvendo a Tangará Energia.

Fonte: Da REUTERS