Newsletter

Cadastre seu e-mail e fique por dentro sobre vagas de emprego, informativos de mercado, opiniões e artigos técnicos.
Enviar
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso.
COTAÇÕES

BOVESPA

  • Variação

    Pontos

  • -0,44%

    74.157,38

  • 25/11/2017 06h00
    Yahoo

DÓLAR COMERCIAL

  • Variação

    Valor

  • 0,31%

    R$ 3,232

  • 25/11/2017 06h00
    UOL

AÇÚCAR CRISTAL

  • Variação

    Valor

  • 15,43%

    R$ 66,81

  • 25/11/2017 06h00
    CEPEA

ETANOL HIDRATADO

  • Variação

    Valor

  • 0,24%

    R$ 1,6810/L

  • 25/11/2017 06h00
    CEPEA

ETANOL ANIDRO

  • Variação

    Valor

  • 0,21%

    R$ 1,8324/L

  • 25/11/2017 06h00
    CEPEA

Exportações do agronegócio crescem 14,3% em abril

 

 

As exportações do agronegócio cresceram 14,3% em abril de 2016 em relação ao mesmo mês de 2015, alcançando US$ 8,08 bilhões. O valor das exportações do agronegócio representou 52,5% de todo o valor exportado pelo Brasil, segundo informações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). O ministério ressalta que o crescimento das exportações ocorreu apesar da queda quase generalizada dos preços internacionais dos produtos agropecuários. 

Somente três produtos, dentre os principais produtos da pauta de exportação brasileira, tiveram aumento no preço médio de exportação: carne de peru(+3,4%), álcool (+8,9%) e frutas (+2,1%). Assim sendo, a elevação das exportações do agronegócio ocorreu em função do incremento da quantidade exportada de inúmeros produtos do agronegócio. 

As importações, por outro lado, diminuíram de US$ 1,12 bilhão em março de 2015 para US$ 972,63 milhões em abril de 2016 (-12,9%). Com o crescimento das exportações e queda das importações, o saldo das exportações do agronegócio subiu de US$ 5,95 bilhões em abril de 2015 para US$ 7,10 bilhões em abril de 2016. 

Em abril de 2016, os cinco principais setores exportadores foram: complexo soja(US$ 4,04 bilhões; +30,6%); carnes (US$ 1,20 bilhão; +4,4%); produtos florestais (US$ 820,86 milhões; -2,7%); complexo sucroalcooleiro (US$ 526,28 milhões; +64,9%); e café (US$ 371,49 milhões; -29,3%). As exportações dos setores mencionados subiram de US$ 5,93 bilhões em abril de 2015 para US$ 6,96 bilhões em abril de 2016. Com esse aumento, a participação desses setores no total exportado aumentou de 83,9% em abril de 2015 para 86,2% em abril de 2016.

Fonte: InfoMoney