Newsletter

Cadastre seu e-mail e fique por dentro sobre vagas de emprego, informativos de mercado, opiniões e artigos técnicos.
Enviar
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso.
COTAÇÕES

BOVESPA

  • Variação

    Pontos

  • -0,62%

    75.531,06

  • 21/09/2017 14h00
    Yahoo

DÓLAR COMERCIAL

  • Variação

    Valor

  • 0,18%

    R$ 3,135

  • 21/09/2017 14h00
    UOL

AÇÚCAR INTERNACIONAL

  • Variação

    Valor

  • 0.14%

    14.68 USd/lb.

  • 21/09/2017 14h00
    Bloomberg

AÇÚCAR CRISTAL

  • Variação

    Valor

  • 0,61%

    R$ 52,65

  • 21/09/2017 14h00
    CEPEA

ETANOL HIDRATADO

  • Variação

    Valor

  • 0,55%

    R$ 1,4355/L

  • 21/09/2017 14h00
    CEPEA

ETANOL ANIDRO

  • Variação

    Valor

  • 1,97%

    R$ 1,5837/L

  • 21/09/2017 14h00
    CEPEA

Mesmo com queda na produção, preços do açúcar se desvalorizam fora do Brasil

 

Nem mesmo os números que apontam para queda de quase 15% na produção de açúcar na última quinzena de maio, frearam a baixa dos preços da commodity nas bolsas internacionais ontem (16). A desvalorização, ainda de acordo com analistas, também refletiu a recuperação do dólar e a previsão de aumento da produção brasileira na safra 2016/17.

Na bolsa de Nova York o açúcar demerarafechou, no vencimento julho/16, em 19,68 centavos de dólar por libra-peso, queda de oito pontos no comparativo com a véspera. As demais telas caíram entre nove e 12 pontos.

Em Londres também houve recuo em todas as telas. No vencimento agosto/16, a commodity fechou cotada a US$ 533,20 a tonelada, baixa de 2,80 dólares no comparativo com os preços de quarta-feira. Os demais vencimentos perderam entre 1,30 e 2,80 dólares.


Mercado doméstico

No mercado interno, o açúcar cristal teve seu 16º dia seguido de alta segundo índices do Cepea/Esalq, da USP. Os negócios foram firmados ontem em R$ 84,88 a saca de 50 quilos, 0,71% a mais quando comparado aos preços praticados no dia anterior.


Etanol diário Paulínia

Os preços do etanol hidratado, no entanto, tiveram o sétimo dia seguido de queda, segundo índices da Esalq/BVMF. O metro cúbico do biocombustível foi negociado em R$ 1.401,50, baixa de 0,46% no comparativo com a véspera.

 

Fonte: Agência Udop de Notícias