Newsletter

Cadastre seu e-mail e fique por dentro sobre vagas de emprego, informativos de mercado, opiniões e artigos técnicos.
Enviar
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso.
COTAÇÕES

BOVESPA

  • Variação

    Pontos

  • +1,28%

    73.437,28

  • 18/11/2017 22h00
    Yahoo

DÓLAR COMERCIAL

  • Variação

    Valor

  • 0,56%

    R$ 3,261

  • 18/11/2017 22h00
    UOL

AÇÚCAR CRISTAL

  • Variação

    Valor

  • 12,99%

    R$ 65,40

  • 18/11/2017 22h00
    CEPEA

ETANOL HIDRATADO

  • Variação

    Valor

  • 3,21%

    R$ 1,6769/L

  • 18/11/2017 22h00
    CEPEA

ETANOL ANIDRO

  • Variação

    Valor

  • 2,69%

    R$ 1,8286/L

  • 18/11/2017 22h00
    CEPEA

Preço do açúcar sobe com previsão de safra menor no Brasil e maior déficit mundial

 

A previsão de que a produção brasileira de açúcar na safra 2015/16 será 2,7% menor, ficando em 34,6 milhões de toneladas, estimada pela Conab, aliada ao aumento em 100% da previsão de déficit mundial de açúcar pela consultoria Czarnikow, passando de 4,1 milhões de toneladas para 8,2 milhões de toneladas, deram sustentação aos preços da commodity no mercado internacional, que fecharam em alta, tanto em Londres como em Nova York.

No mercado norte-americano, o açúcar fechou cotado ontem (17), na tela de março/16, a 14,70 centavos de dólar por libra-peso, alta de 11 pontos no comparativo com a véspera. Nos demais vencimentos a Ice fechou com valorização entre 10 e 11 pontos.

Em Londres os preços da commodity fecharam em alta entre 3,30 a 5,10 dólares. No vencimento março/16, o açúcar foi comercializado a US$ 406,20 a tonelada, alta de 4,70 dólares no comparativo com os preços de quarta-feira.

Mercado interno

Depois de 19 sessões seguidas em alta o açúcar teve uma leve desvalorização no mercado interno, conforme apurou o Cepea/Esalq, da USP. A saca de 50 quilos do tipo cristal foi vendida ontem (17), a R$ 81,33, contra R$ 81,38 da véspera, baixa de 0,06% no comparativo entre as duas sessões.

Etanol hidratado

O etanol hidratado fechou em baixa segundo os índices da Esalq/BVMF, com negócios em R$ 1.644,00 o metro cúbico, desvalorização de 0,18% no comparativo com a véspera.

Fonte: Agência UDOP de Notícias - Rogério Mian