Newsletter

Cadastre seu e-mail e fique por dentro sobre vagas de emprego, informativos de mercado, opiniões e artigos técnicos.
Enviar
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso.
COTAÇÕES

BOVESPA

  • Variação

    Pontos

  • +1,28%

    73.437,28

  • 18/11/2017 22h00
    Yahoo

DÓLAR COMERCIAL

  • Variação

    Valor

  • 0,56%

    R$ 3,261

  • 18/11/2017 22h00
    UOL

AÇÚCAR CRISTAL

  • Variação

    Valor

  • 12,99%

    R$ 65,40

  • 18/11/2017 22h00
    CEPEA

ETANOL HIDRATADO

  • Variação

    Valor

  • 3,21%

    R$ 1,6769/L

  • 18/11/2017 22h00
    CEPEA

ETANOL ANIDRO

  • Variação

    Valor

  • 2,69%

    R$ 1,8286/L

  • 18/11/2017 22h00
    CEPEA

Preços do açúcar fecham em baixa com menor importação chinesa e maior produção na Austrália

 

Os contratos do açúcar fecharam em baixa nos mercados internacionais nesta terça-feira (21), pressionados, segundo analistas, pela menor importação da commodity na China; uma melhor perspectiva de produção da Austrália e as expectativas do referendo que acontecerá amanhã no Reino Unido, onde será votada a decisão de sua permanência ou não na União Europeia.

No vencimento julho/16 da bolsa de Nova York, a commodity caiu 45 pontos no comparativo com a véspera, com negócios em 19,24 centavos de dólar por libra-peso. Nas demais telas da Ice Future, a desvalorização oscilou entre nove e 42 pontos.

Em Londres, no vencimento agosto/16, os negócios ficaram em US$ 531,20 a tonelada, queda de 5,20 dólares no comparativo com os preços praticados na segunda-feira. Os demais contratos caíram entre 2,90 e 6,70 dólares.

Segundo o jornal Valor Econômico, que trouxe números da Datagro, o déficit mundial da commodity nesta safra deve ficar em 6,2 milhões de toneladas, o que pode favorecer os negócios brasileiros com a commodity.

Sobre as importações chinesas, o Valor trouxe que em maio o país asiático importou 74% a menos. No acumulado do ano, a retração das importações estão em 54%.


Mercado doméstico

O mercado interno, por sua vez, manteve seu ritmo de alta constante segundo os índices do Cepea/Esalq, da USP. Os negócios foram firmados em R$ 86,57 a saca de 50 quilos do tipo cristal, alta de 0,60% no comparativo com a véspera.


Etanol diário Paulínia

Os preços do etanol hidratado voltaram a cair depois de um início de semana em alta. O metro cúbico do biocombustível fechou ontem (21) em R$ 1.400,00, recuo de 0,18% no comparativo com a segunda-feira.

 

 

Fonte: Agência Udop de Notícias