Newsletter

Cadastre seu e-mail e fique por dentro sobre vagas de emprego, informativos de mercado, opiniões e artigos técnicos.
Enviar
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso.
COTAÇÕES

BOVESPA

  • Variação

    Pontos

  • +1,28%

    73.437,28

  • 18/11/2017 22h00
    Yahoo

DÓLAR COMERCIAL

  • Variação

    Valor

  • 0,56%

    R$ 3,261

  • 18/11/2017 22h00
    UOL

AÇÚCAR CRISTAL

  • Variação

    Valor

  • 12,99%

    R$ 65,40

  • 18/11/2017 22h00
    CEPEA

ETANOL HIDRATADO

  • Variação

    Valor

  • 3,21%

    R$ 1,6769/L

  • 18/11/2017 22h00
    CEPEA

ETANOL ANIDRO

  • Variação

    Valor

  • 2,69%

    R$ 1,8286/L

  • 18/11/2017 22h00
    CEPEA

Relação etanol/gasolina atinge 61,63%; menor nível em 5 anos

 

São Paulo - A relação entre os preços do etanol e os da gasolina fechou a última semana de abril em 61,63%, no menor nível desde igual período de 2010 (59,37%), de acordo com a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). No mês, essa equivalência foi de 63,97%, após 65,51% em março.

Segundo o coordenador do Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da Fipe, André Chagas, a "franca" queda do etanol, que em abril cedeu 2,70%, tem permitido um cenário mais favorável aos consumidores que optam por abastecer seus veículos com álcool combustível.

"Interessante notar que em relação a 2010, quando o setor estava com dificuldades, em 2015 a queda entre a equivalência dos preços tem sido menos intensa. Começou este ano em 66,69%, oscilou nesse nível e agora caiu para 61,66%. Já em 2010, iniciou em 71,06% e fechou aquele ano em 59,37%", contou.

Para especialistas, o uso do etanol deixa de ser vantajoso em relação à gasolina quando o preço do derivado da cana-de-açúcar representa mais de 70% do valor da gasolina.

A vantagem é calculada considerando que o poder calorífico do etanol é de 70% do poder da gasolina. Com a relação entre 70% e 70,5%, é considerada indiferente a utilização de gasolina ou etanol no tanque.

Fonte: Maria Regina Silva - Estdão Conteúdo